quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Será?

Um novo nome. Cheio de possibilidades.

Será que esse nome ainda vai me ser especial? Será que o seu som, o formato dessas letras combinadas vai fazer a minha respiração mudar, acordar as asinhas adormecidas no meu estômago ou me fazer sorrir sozinha na frente do computador ou pendurada no telefone no meio da madrugada?

O que faz de alguém a pessoa mais importante da sua vida? Qual o momento exato em que tudo muda?

Será que esses olhos vão acordar com os meus nos domingos de manhã? Será que ficarão comigo, nos meus sonhos, mesmo depois que forem embora? Será que a minha vida vai ser diferente por causa deles? Será que eles ainda vão olhar para mim doces ou carregados de milhares de perguntas quando eu menos esperar? Será que esses olhos ainda vão chorar por mim? Ou comigo?

Será que eu vou levar essas mãos para passear nas minhas? Será esse o número que eu vou discar quando tiver algo de novo e importante para dividir com alguém? Será esse o nome que eu vou sussurrar ou gritar sem pensar?

Será?

Será que esses serás vão me acompanhar a cada nova possibilidade?

Quando será que esses serás vão deixar de ser?

3 comentários:

Tatiana disse...

Sei lá quando.
Importa mesmo?

Candy Girl disse...

Hum... A curiosidade matou o gato rs...
Adorei falar contigo querida!!!
bjos gdes

Ju Hilal disse...

Tati, o pior é que importa. Senão esses serás todos não ficariam me rondando desse jeito.
Can, também adorei o papo. Muita saudade!
Beijocas queridas