quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Chupando o Dedo

Eu lá, toda relaxada lendo o texto da Ópera do Malandro, pensando na coreô de gafieira e curtindo a massagem nos pés quando...

- Olha que lindo, Ju. Lindo! Seu pé está tão lindo que merece ser chupado.

Parei de ler e olhei para ela com cara de whattheheck pensando se eu tinha ouvido aquilo mesmo...

- Ãh?

- É Ju, pé assim tem que ser chupado. Olha esse dedão...

Que capacidade é essa de atrair maluco, minha gente? Quem tem uma manicure que diz isso assim, no meio do salão na maior naturalidade?

Eu, só eu.

- Jura menina, chupado? Resolvi dar corda para ver aonde aquilo ia parar.

- Ahã. Nunca chuparam o seu dedão do pé? Menina, mas é bom...

Risos. O que mais eu podia fazer?

- Eu também não sabia disso mas aí a fulana, que faz escova, sabe? Então, ela cantou a bola, disse que o namorado dela adora e resolvi provar. Ai Ju, experimenta!

- Ai experimenta mesmo, Ju, não tem como não gostar!
Gritou a fulana do outro canto do salão.

Gargalhadas. Muitas.

Que salão é esse, meu povo? Obrigada meu pai por não ser lá onde eu depilo a virilha...

3 comentários:

Tatiana disse...

Pensando por outro lado...perdeu uma oportunidade do cacete, se tivesse na depiladora!
hahahahha

POR TUDO QUE SINTO disse...

Concordo com a Rocha!

Afe... preciso de uma massagem nos pés!

Leandro Souza disse...

Achei que devia ter proposto a chupada ali, para experimentar!!! hahaha.
bjo querida