sexta-feira, 15 de agosto de 2008

TPM, eu?

E eu que sempre me gabei de não ter TPM. Hora de rever alguns conceitos.

Sempre me gabei porque não fico de mau humor, não subo pelas paredes, não arranco os cabelos por besteira. Nada disso. Sou da paz até nos benditos dias que antecedem a regra.

Acontece que ultimamente tenho percebido um padrão que tem me deixado cabreira.

Lágrimas. Há dias em que eu viro um potinho de Aviação completamente líquida de tão derretida. Fico tão, mas tão emotiva que qualquer propaganda de Doriana me faz suspirar fundo para não borrar o make up. Nesses dias, entro no carro e ligo logo a CBN para não correr o risco de ouvir uma baladinha mais lenta. Brasileiro no pódio da olimpíada, então, valha-me Deus. Nem adianta tentar segurar. E às vezes não seguro mesmo. Não dá. É aquele filme que mexe comigo, aquela música escrita para mim, aquela lembrança doída... Desabo, viro um ET de nariz vermelho e pálpebras inchadas e destroço a caixa de Kleenex e passo o resto do dia com uma pedra de três toneladas na minha cabeça.

Eu não sou assim, gente. Nunca fui. Tá, não sou um iceberg mas também nunca fui de me desmantelar desse jeito por qualquer coisinha. O bafão nunca me caiu bem, sou mais contida, reservada, um “eterno segredo”, como diria a minha mãe. Agora isso.

Então paro para pensar e percebo que esses dias de comportas abertas coincidem miraculosamente com o meu período fim de ciclo. Quem diria, eu de TPM. Essa é nova e espero que se torne velha logo. Isso cansa, estressa. Haja floral. Nada contra os ciclos, nada contra extravasar as emoções, mas daí a soluçar revendo Friends, ninguém merece.

6 comentários:

Menininha bossa-nova disse...

Jubs, pra sua sorte, brasileiro no pódio é coisa rara, tá difícil... hehehehe...

E qto às baladinhas, fica tranqüila q hoje você não corre esse risco... pelo menos não no meu show.

Beijo!!

PS - Se chorar no Prepare no ensaio, eu te mato com minhas próprias mãos.

Tatiana disse...

Um dia o pote enche e tem que começar a esvaziar. Transborda...
deixa ir..deixa sair...chore...mas chore em grande estilo. Maysa tocando, uisque porreta, veja o filme a Cor Púrpura...se acabe...
se quiser companhia, siu ótima pra chorar. Chor que é uma beleza..depois me acabo de rir de mim mesma.
Eu tenho uma amiga que me chama..vamos dar uma choradinha hoje vendo filmes???
hahahahahahahhahahahahaha
Muito bom. Desopila o fígado também!

Juliana Hilal disse...

Hahahaha
Jupinha, a minha sorte é que eu já vou estar bem longe da TPM nos dias das finais do vôlei...Imagina a cachoeira.
Agora você há de convir comigo que dá vontade de chorar no Prepare. Por outro motivo...rs
Tati, acredita que assisti A Cor Púrpura a semana passada? Adivinha. Me acabei.
Topo super o programa filme, pipoca e choradeira. Vamos combinar.
Beijosss

POR TUDO QUE SINTO disse...

Eu tenho TPM...

Mas acho que meus ciclos são irregulares... Algumas vezes por mês...

O que você recomenda? Pílula?

Mazinha disse...

Você não é a única. Nõa se sinta só. Estamos do seu lado pra te entender. te dar um abraço, uma garrafa de vodka e chorar junto.

Bjs

Juliana Hilal disse...

Dudu,
a pílula vai te ajudar a regular o ciclo mas não resolve a TPM. Experiência própria.
Faz bem para a pele, também.
Hehehe
Má, é isso que me conforta. Estamos todas no mesmo barco. Viva a mulherada desgovernada.
Beijos