sexta-feira, 18 de julho de 2008

Lua

Cheguei em casa, a lua estava linda.
Alta, falante lá fora, luz de um holofote no meio do céu.
Eu, aquela lua, ninguém para compartilhar.
Só. Já deu.
Lição aprendida, tarefa feita. Alma renovada.
Cansei de só ser.
Não é sozinha que se vê uma lua dessas. Ela merece mais.
Olho no olho, rosto colado, cobertor em volta dos ombros sobre a pele arrepiada de frio e calor.
Eu tenho saudade das coisas que eu não sinto mais.

4 comentários:

Juliana disse...

Juhi meu amor..
Isso tá triste demais!!!
Vamos sacudir essa poeira imediatamente. Solidão, que nada!!!!
beijoooo
Jufe

thataforster disse...

Juju,
definitivamente, as luas destes dias estão divinamente romanticas e nos fazem mesmo pensar em compartilhar tanta beleza com alguém!

Toda vez que vê-la no céu, lembre-se que a Lua esta ali pára todos, só não a vê quem não quer... entendeste?!

Beijos!!!

Mazinha disse...

Tava realmente animal a lua...

Cris disse...

"na poça da rua, o vira-lata lambe a lua" (Millor Fernandes)